Medicina

Sendo um dos cursos mais disputados nos vestibulares, a medicina desperta nos jovens sonhos de prestígio e boa remuneração.

 

A realidade dos médicos, no entanto, é antes de tudo de muito trabalho e estudo. Eles precisam se manter atualizados em relação a novos tratamentos, medicamentos e doenças e não podem esquecer o seu lado humano.

Você precisa de duas coisas para ser médico: gostar de gente e gostar de estudar, afirma Maria do Patrocínio Tenório Nunes, coordenadora de residência médica do curso na USP e conselheira do Conselho Regional de Medicina de São Paulo. De fato, manter-se atualizado é essencial para o bom médico.

O curso de graduação em medicina dura, em média, 6 anos. Depois disso, os alunos passam pela residência, por um período que vai de 2 a 5 anos, onde acabam optando por uma área de especialização. A residência não é obrigatória, mas é escolhida pela grande maioria dos alunos  onde acreditam que as possibilidades de arrumar um bom emprego ficam melhores com ela. O médico precisa tomar cuidado, no entanto, para não ficar superespecializado e perder o contato com a parte geral da medicina.

O mercado de trabalho varia de região para região. Apesar do grande número de faculdades de medicina, há lugares do país, mais afastados das grandes cidades, com escassez no número de médicos. É uma profissão onde não existe desemprego, afirma a coordenadora do curso da Unesp, Eliana Goldfarb Cyrino. Por outro lado, para manter uma renda razoável é preciso ter mais de um emprego, completa.

A valorização da humanização do tratamento médico ganhou grande importância nas faculdades de medicina. É preciso ver o paciente como um todo, e não só como um doente. O bom relacionamento entre um médico e seu paciente é tão importante quanto os conhecimentos técnicos do profissional. Por isso, os alunos precisam aliar esses dois mundos. Quando os alunos dizem que fazem ciências biológicas, eu respondo que isso não é verdade. A medicina é uma interface entre as biológicas e as humanas. Ela precisa ser assim, afirma Nunes.

Esse é um dos motivos pelos quais é muito importante a decisão de qual faculdade freqüentar. Nunes aconselha que os alunos em idade de prestar vestibular não tenham pressa e insistam no estudo para entrar em uma faculdade de qualidade. Quem quer ser médico, sempre vai querer ser médico. Não adianta fazer um curso qualquer na pressa de se formar logo, acredita a professora. Uma boa faculdade precisa ter um corpo docente próprio e preparado  com no mínimo residência médica  e laboratórios onde possam ser estudados diversos cenários de doenças. Vale a pena ir atrás de uma formação qualificada, pois isso te acompanha pelo resto da vida.

Medicina Univalle

 

O curso de Medicina, na Universidade del Valle é um dos mais reconhecidos a nível nacional e internacional, devido seu sistema de ensino, baseado na competência dos profissionais e Acreditação pelo Mercosul, onde o mesmo avalia rigorosamente a qualidade acadêmica.

Vantagens de fazer Medicina na Univalle:​

• Ensino personalizado;

 

• Professores com especialidades (Doutores);
 

• Modelo acadêmico baseados em competencias;
 

• Salas de aula e laboratórios com alta tecnologia;
 

• Processo de ensino-aprendizagem inovador;
 

• Hospital Universitário 3º Nível equipado com tecnologia de ponta;
 

• Intercambio com os melhores hospitais no exterior;
 

• 23 anos de experiência em treinamento médico;
 

• Curso registrado no (Organização Mundial de Saúde) da OMS;
 

• Membros da AACRAO (American Association of Collegiate secretários e dirigentes de admissão);
 

• Reconhecido pel MERCOSUL.

 

Modelo Acadêmico


O modelo acadêmico da Universidade del Valle é baseada na assimilação de conhecimentos científicos e técnicos, através da aplicação da teoria científica na solução de problemas práticos da vida social, econômica e tecnológica.

Sistema do Curso


A duração do curso é de seis anos, definido como a soma de seis (6) anos lectivos, considerando que o curso é anual.


 

Perfil Profissional


A graduação oferecida pela Faculdade de Medicina é de um clínico geral, com a capacidade de reconhecer e resolver os problemas fundamentais da saúde do paciente, da família e da comunidade nos aspectos de oferecer promoção, prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação. Além disso, o valor profissional e ético formados, com princípios humanistas e sociais, geram estilos de vida saudáveis.

 

 

Trabalho de Campo


Sua formação científica e sólida dos alunos Univalle, permite a prática médica como: consultórios particulares, hospitais, centros de saúde, programas de saúde do Ministério da Saúde, a OMS / OPS programas. Professor universitário e de pesquisa.

Perfil do Candidato


O candidato para o Curso de Medicina deve atender ao seguinte perfil:
• Vocação para os aspectos de saúde bem definido;
• Seja sensível a um papel social e compromisso com a comunidade, demonstrando os valores éticos e morais;
• Tome a iniciativa pessoal, julgamento e espírito investigativo;
• Possuir destreza manual e vontade de se adaptar aos avanços tecnológicos e científicos;
• Mostrar inclinação para as matérias de Ciências Biológicas.

 

 

Professores


O rigoroso processo de seleção permitiu a incorporação de profissionais altamente qualificados, com experiência e prestígio.

 

 

Infraestrutura


A Faculdade de Ciências da Saúde tem a melhor infraestrutura para o ensino superior no país, com um Hospital Universitário 3º Nível, salas de aula Anatomia Humana equipados com equipamento multimédia, museus e modelos de peças anatômicas humanas, mídia-laboratório-arte.